Documentarios e entrevistas

Entre a cheia e o vazio 

O documentário é resultado de um esforço compartilhado de pesquisadores para colocar em questão os nexos entre a cheia do rio Madeira e os vazios relacionados à implementação e atividade das duas usinas hidrelétricas instaladas no afluente mais caudaloso do rio Amazonas. O ponto de partida do filme é a afirmação do diretor da UHE Jirau de que “acreditar na relação entre a cheia e as usinas seria crendice”. O empenho das usinas em ocultar as causas coadjuvantes dessa catástrofe expõe as populações que vivem no entorno dos megaprojetos hidrelétricos em Rondônia, Beni e Pando (Bolívia) a novos e ampliados danos sociais e ambientais, além de colocar em risco de isolamento a população do Acre, que tem sua única via de acesso por terra afetada pelo atual regime de operação dos reservatórios das usinas. O consenso propalado pelos empreendedores das obras de que “a cheia foi natural” é desvelado por pesquisadores independentes e comunidades ribeirinhas afetadas. Philip Fearnside, Edna Castro, Célio Bermann e Jorge Molina, especialistas reconhecidos nacional e internacionalmente, deram significativa contribuição nesta reconstrução de sentidos. Grande parte das filmagens foi realizada no interior das usinas, ouvindo seus representantes e decodificando seus números e discursos. Estas informações são apresentadas ao público como uma espécie de plataforma audiovisual para que se investigue o que significam de fato hidrelétricas “a fio d`água” e fontes de “energia limpa”, quem se beneficia da energia gerada e por que novos estudos de impacto são necessários.

Realização: Mapeamento Social como Instrumento de Gestão Territorial contra o Desmatamento e a Devastação – Núcleo Rondônia e Universidade Federal de Rondônia – UNIR.

 

Pueblo Pataxo en lucha por su territorio

Con ramas, palos y llantas viejas han cerrado la carretera que pasa a orilla de su territorio. Cientos de camiones que transportan mercancías de empresas transnacionales se han detenido. La policía no tarda en llegar. Los indígenas están atentos a una posible represión. Algunos pintan sus cuerpos con una mezcla de colores entre el amarillo, el rojo y el negro, colores con los cuales anunciaban la guerra sus abuelos. Otros mas contrastan con el color blanco, señal de paz. Colores indelebles en la piel de los indígenas, sobrevivientes de una guerra desigual que ha durado mas de cinco siglos……

 

La importancia de la Cumbre de los Pueblos en la capital peruana

Del 1º al 12 de diciembre se realizará en Lima, la capital peruana, la vigésima Conferencia de las Partes (COP 20) de la Convención Marco de Naciones Unidas sobre Cambio Climático. Paralelamente, del 9 al 12 de diciembre, movimientos y organizaciones sociales de diversas partes del mundo se reunirán en la Cumbre de los Pueblos para demandar un “cambio de sistema y no del clima”.

En este corto audiovisual de Radio Mundo Real, el activista José Elosegui, de REDES – Amigos de la Tierra Uruguay y Amigos de la Tierra de América Latina y el Caribe, explica algunas de las razones por las que numerosas redes sociales latinoamericanas apuestan a estar presentes y movilizarse en Lima en la Cumbre de los Pueblos, al tiempo que llaman a unirse en esta instancia a agrupaciones de todo el mundo.

Este vídeo apresenta a terceira reportagem da seia Amazonia Publica, sobre o projeto da hidreletrica no rio Tapajos – Dezembro de 2012

O documentário Memórias de trabalho e de vida frente à construção de Belo Monte apresenta depoimentos de moradores da Volta Grande do rio Xingu, atingidos pela construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. – Dezembro de 2013

REDD e PSA, o valor e o preço da natureza

Vídeo pedagógico produzido para o Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social a respeito da política de economia verde – janeiro de 2014

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=NBLWhphlu_0

Animaçao – Como nosso dinheiro financia obras na Amazonia  – Agencia Publica 

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=6K5dT1py7z0#t=70

Financeirizaçao da natureza: Impactos e desafios dos processos em curso na America Latina

Mercado de carbono e flexibilização da legislação ambiental brasileira são temas essenciais para entender o processo de financeirização da natureza. Para analisar esse cenário, incluindo as ações de resistência nos territórios e as possibilidades de construção de um novo modelo de sociedade, a Fundação Böll convidou representantes de organizações da sociedade civil, lideranças de movimentos sociais e especialistas no tema para um encontro. A reunião tem participação limitada no local, mas será transmitida aqui ao vivo e  na íntegra.

Fonte: http://aovivonaweb.tv/boellbrasil/

Sofremos aqui para ajuda – los la – Vozes das comunidades sobre um projeto de compensaçao de carbono forestal. Por FERN FERN, maio de 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=Eq_2_cDLHiM

A Conexao Carbono: O documentário “Conexão Carbono” mostra a realidade de duas comunidades, uma no Brasil e outra na Escócia, e revela muito do que não é divulgado ou discutido quando são criados os projetos de geração de créditos de carbono. Dezembro de 2012.

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=ngtjYewD2Ag

Campanha não à economia verde –  Entrevista Pablo Solón – Porto Alegre – março de 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=Qky-h6p5VTA

Economia Verde: La verdadera cara de la economia verde  –  Entrevista Pablo Solón – Porto Alegre – março de 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=0OYIgNaJseo

Darci Frigo: ” A economia verde é uma falsa solução” – Darci Frigo, coordenador geral da Cúpula dos Povos narra como foi o diálogo com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon e critica o documento final e o Sistema ONU. “A Economia Verde não vem de fato para enfrentarar os problemas causados pelo sistema capitalista, patriarcal, racista e homofóbico”, Frigo afirmou que Ban Ki-Moon não tomou nenhuma posição frente às reivindicações dos representantes da Cúpula.  Ele ainda detalha quais são os próximos passos dos movimentos sociais a partir da cúpula dos Povos. junho de 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=TG1ymTys7rY

Leonardo Boff – Economia Verde 1 = Interprogramas RIO + 20 –  Traz a discussão dos comuns – junho de 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=rP3A56P6Xzs

Leonardo Boff – Economia Verde 1 = Interprogramas RIO + 20 – Discussão do Bem Viver – junho de 2012

Fonte:http://www.youtube.com/watch?v=6wM4XAu7kwM

Economia verde, un negocio pintado –  Entrevista a Tatiana Roa, CENSAT AGUA VIVA. economia verde, desarrollo sostenible, ecologia, rio+20 – agosto 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=qwLqBrDb_6o

Amazônia peruana en manos de empresas multinacionais –  canal de television  denuncia violaciones a derechos de los pueblos indigenas por conpañias extranjeras (britânicas) en Peru – abril 2013

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=_eoAeFblj-w

Foro Campesino e Indígena sobre REDD – Entrevista con Ceyla Cruz Guttierrez – San Cristobal de las Casas – Chapas – Mexico – Septiembre de 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=QhBS5uZfvr4

Los três pilares de la “Economia Verde” – Entrevista con Silvia Ribeiro que explicita el nuevo modelo de mercantilizacion de los recursos naturales, el uso de la tecnologia para superar los problemas del cambio climatico y la creacion de marcos regulatorios para dar seguridad juridica a los nuevos mercados de la economia verde, mayo 2012

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=5lmjSYVUNGE

Foro Campesino e Indígena sobre REDD – Entrevista con dirigente de La Via Campesina, León Enrique Avila Romero, el cual comento los impactos de REDD+  sobre las comunidades campesinas em Chiapas y sobre los territórios  – San Cristobal de las Casas – Chapas – Mexico – Septiembre de 2012

Fonte:  http://www.youtube.com/watch?v=wsbPn_eRC3M

STOP pushing us for REDD (IndigenousPeoples Alto Xingu): Este vídeo é uma entrevista com o líder indigena Aritana Yawalapiti da aldeia Yawalapiti do Alto Xingu contando sobre o assedio do ISA sobre a comunidade indígena para assinar contratos de REDD. Por RebbecaSommers (Português com subtítulos em Inglês), agosto 2010.

Fonte:  http://www.youtube.com/watch?v=JMs3szvzfeA

REDD e FAS no Amazonas: Este tema e outros são tratados no testemunho dado por Marta Valéria, liderança da CPT do Amazonas aos Amigos da Terra Brasil. Ela conta sobre a situação das políticas de REDD e da privatização das áreas públicas de unidades de conservação, concedidas para a  gestão da fundação empresarial FAS (Fundação Amazonia Sustentável), como um exemplo do uso das mudanças climáticas como justificativa para o avanço das opções de mercado, sem de fato enfrentá-las ou valorizar as populações que o fazem. Por Amigos da Terra Brasil,  agosto 2011.

Fonte:  http://amigosdaterrabrasil.wordpress.com/2011/08/31/redd-e-fas-no-amazonas/

REDD e cidades: Depoimento de Sandra Lineia de Caritas Manaus (AM), sobre a relação entre o mecanismo REDD e a migração de populações tradicionais e rurais para as Cidades, durante oficina “Serviços Ambientais, REDD e Fundos Verdes do BNDES: Salvação da Amazonia ou Armadilha do Capitalismo Verde?”, em Rio Branco, estado de Acre, Por Amigos da Terra Brasil entre 3 e 7 de Outubro de 2011

Fonte:  http://amigosdaterrabrasil.wordpress.com/2011/10/18/redd-e-cidades/

REDD e Povos Indígenas em Rondônia:  Depoimento de José Luiz Kassupá sobre os impactos do mecanismo REDD na vida dos Povos Indígenas, durante a oficina “Serviços ambientais, fundos verdes e REDD: Salvação da Amazônia ou Armadilha do Capitalismo Verde”, realizada de 3 a7 de outubro em Rio Branco (AC), Brasil e organizada pela Rede Brasil sobre Instituições Financeiras Multilaterais, junto com o CDDHEP – Centro Defesa Direitos Humanos Educação Popular e a Fundação Heinrich Boell e com a participação dos Amigos da Terra Brasil. José Luiz é primeiro secretário do movimento indígena no estado de Rondônia. outubro de 2011.

Fonte: http://amigosdaterrabrasil.wordpress.com/2011/10/17/redd-e-povos-indigenas-em-rondonia/

REDD: La codicia por los arboles – El caso Chiapas: La selva Lacandona al mejor postor: El mecanismo REDD (Reducción de Emisiones por la Deforestación y la Degradación de los bosques) resuena en la actualidad de Chiapas, México y muchos otros lugares del mundo. Fue propuesto hace unos años en la ONU como un mecanismo de compensación que ayudara para combatir el cambio climático. Sin embargo en la Cumbre del Clima de Cancún en 2010 (COP16), esta propuesta se afianzó fuertemente gracias al impulso del Gobierno de México, quien presentó algunas “acciones tempranas” de REDD e introdujo a comunidades rurales en el mercado del carbono… En este video documental distintas partes implicadas dan argumentos sobre REDD, sobre el interés que hay en la implentación de este mecanismo y sobre lo que implica para Chiapas. Aquí mostramos algunos comentarios de las partes implicadas que los medios de comunicación comerciales ocultan. Producido por Otros Mundos AC/Amigos de la Tierra México, 2012

Fonte:  http://otrosmundoschiapas.org/materiales/redd-la-codicia-por-los-arboles/

FST 2012 – Entrevista com Lucia Ortiz: Sobre economia verde e bolsa verde, janeiro 2012:

Fonte:  http://www.youtube.com/watch?v=y0gWUeIgxcs&feature=player_embedded

Territorios em disputa: La Economía Verde vs. la economía de las comunidades: Una historia de las comunidades de la Mata Atlántica en el sureste de Brasil, producida por el Movimiento Mundial por los Bosques Tropicales – Noviembre 2012

Fonte: http://wrm.org.uy/inicio.html

Exemplos da “economia verde” –  Belo Monte e mudanças no Código Florestal: Larissa Packer da Terra de Direitos fala sobre como o capitalismo agora “pintado de verde” avança na implementação de projetos devastadores, como a construção da hidroelétrica Belo Monte ou as mudanças no Código Florestal.

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=qe9omhIrVL

O mesmo capitalismo pintado de verde:  Fala sobre a expansão do capital e as ameaças aos povos do campo. por Luiz Zarref, junho de 2012.

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=Lz83dH7LJgo

Carta pelo dia da ação contra o capitalismo verde:  Este video apresenta a leitura de uma carta construida pelo dia de açao contra o capitalismo verde, em defesa dos bens comuns e pela justiça ambiental e social realizado em Porto Alegre aos 05 de junho de 2012.

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=YnGe5deo0Mw

Economia verde em debate: Uma das discussões principais da Rio+20 é sobre como estabelecer uma relação de parceria entre a esfera econômica e o meio ambiente. O conceito de Economia Verde visa a sustentabilidade das atividades econômicas e, consequentemente, o repúdio de todos as outras atividades predadores da natureza. Questões como riscos ambientais, miséria e desigualdade social foram temas principais de muitos eventos da Rio+20, além de serem questões básicas para o legítimo estabelecimento da Economia Verde em prol do tão almejado “desenvolvimento sustentável”. julho 2012.

Fonte:  http://www.fase.org.br/v2/pagina.php?id=3718

Debate com ONU desmascara “economia verde”: Este video apresenta o debate realizado  na Cupula dos Povos chamado “Dialogo sobre Economia Verde”, entre representantes de movimentos sociais e entidades ambientalitas com a presença do Diretor-executivo do Programa das Naçoes Unidas para o Meio Amiente – PNUMA, junho 2012.

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=cBBP0HSBxbw

A farsa da Economia Verde: Este documentario traz as discussoes do Grupo Carta de Belem na Cupula dos Povos, com apresentaçao de 5 casos emblematicos do impacto da economia verde sobre as comunidades, com representatntes de comunidades do Brasil e tambem da Africa e da Asia. Tambem traz elementos sobre a discussao em torno da agua como bem comum a serviço de toda a humanidade, junho 2012.

Fontehttp://www.youtube.com/watch?v=UYygFUyMv04

Via Campesina na Cúpula dos Povos, julho 2012:

Fonte: http://www.mabnacional.org.br/video/campesina-na-c-pula-dos-povos

La historia de REDD – Una solucion real contra la deforestacion?. Vídeo producido por FERN con el apoyo de la Asociación de Aprendizaje Grundtvig “¿El Comercio de Carbono puede salvar los bosques

Fonte: http://www.fern.org/es/publications/briefing-note/la-historia-de-redd-una-solucion-real-contra-la-deforestacion

Verde Mas Oscuro: REDD y El Futuro de Los Bosques / A Darker Shade of Green: REDD: Mientras las politicas y programas para Reducir las Emisiones de Deforestacion y Degradacion (REDD), y para aumentar almacenaje de carbono en los bosques (REDD+) estan promovidos alrededor del mundo por los elites globales y nacionales, pueblos indigenas y otras comunidades que dependen de los bosques estan sonando alarmas que estas programas tendran serios impactos nagativos — y no reducirán las multiples amenazas de la crisis climatica. Este documental de 28 minutos presenta las varios preocupaciones sobre REDD desde la perspectiva de la gente mas impactada. Con entrevistas y testimonios de México, Brasil, Panama, Filipinas, Indonesia, Nepal, Uganda, India, y California.

Fonte: http://climate-connections.org/2012/01/24/video-a-darker-shade-of-green-new-gjep-gfc-video-on-redd-now-available/

REDD: Amador Hernandez: Starved for Medical Services by Global Justice Ecology Project and REDD: A Greed for Trees by the Chiapas-based NGO Otros Mundos.

Fonte: http://www.acrealerta.com.br/colunista/michael/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: